VII ENANCIB - Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação
    Home > Papers > Gardenia de Castro
Gardenia de Castro

Gestão do conhecimento em bibliotecas universitárias: elementos e requisitos para um diagnóstico

Gardenia de Castro
Centro Universitário Metodista IPA

Marilia Damiani Costa

     Texto Completo: PDF
     Texto submetido em: August 20, 2006

Resumo
O objetivo deste artigo é divulgar um instrumento para diagnóstico de gestão do conhecimento em bibliotecas universitárias, produto de uma pesquisa realizada no Programa de pós-graduação em ciência da informação da Universidade Federal de Santa Catarina – PGCIN/UFSC. Trata-se de uma pesquisa exploratória, descritiva de cunho qualitativo, fazendo-se uso do procedimento “estudo de caso” para experimentação do instrumento proposto. Este instrumento é baseado no estudo de modelos de gestão do conhecimento identificados na literatura, bem como o estabelecimento dos seus elementos básicos e requisitos.
Os modelos de gestão do conhecimento selecionados para este estudo foram dos seguintes autores: Terra (2000), Stollenwerk (2001) e Probst, Raub e Romhardt (2002). Estes modelos foram selecionados por enfatizarem os processos relacionados à aplicação de gestão do conhecimento, servindo de base para a construção da proposta desta pesquisa, e dos seus respectivos elementos e requisitos.
Para análise e interpretação dos dados, foi utilizada a técnica de meta-análise qualitativa dos modelos de gestão do conhecimento selecionados para este estudo. Os requisitos dos modelos analisados formaram a base para a elaboração dos requisitos para o instrumento para diagnóstico de gestão do conhecimento em bibliotecas universitárias. O instrumento proposto envolve a gestão estratégica da biblioteca universitária com os seus processos essenciais, o processo de gestão do conhecimento e os suportes organizacionais.
A gestão de uma biblioteca universitária tem uma função estratégica em relação a todos os processos dentro da organização, sendo fundamental para o sucesso da gestão do conhecimento. Para o instrumento proposto, o processo de gestão do conhecimento engloba as seguintes fases: identificação, aquisição, desenvolvimento, compartilhamento e uso do conhecimento. Os suportes organizacionais que auxiliam na gestão do conhecimento em bibliotecas universitárias são: cultura organizacional, gestão de pessoas, estrutura organizacional e tecnologia da informação. Concomitantemente, são apresentados requisitos que possibilitam a identificação de iniciativas e práticas de gestão do conhecimento, com o intuito de auxiliar na sua utilização, discussão e aplicação em bibliotecas universitárias.
De modo geral, esta investigação permitiu viabilizar um instrumento de pesquisa que poderá ajudar a biblioteca universitária a diagnosticar a gestão do conhecimento. O resultado da pesquisa gerou uma proposta de um instrumento para diagnóstico de gestão do conhecimento em bibliotecas universitárias. O instrumento proposto foi aplicado na Biblioteca Universitária da UFSC.
O instrumento permitiu, após sua aplicação e validação, visualizar os pontos fortes e fracos de uma Biblioteca Universitária, com relação à gestão do conhecimento. No caso da aplicação na Biblioteca Universitária da Universidade Federal de Santa Catarina foi possível diagnosticar quais pontos poderiam ser alvo de propostas de GC. Considerando que as Bibliotecas Universitárias têm uma importante participação no processo de inovação e consolidação de novos conhecimentos no ambiente científico e tecnológico, é fundamental que propostas de GC em Instituições de Ensino Superior integrem estas unidades de informação.




    Saiba mais
    sobre
    o projeto...


Public Knowledge

 
Open Access Research
Home | Apresentação | Programação
Trabalhos científicos | Inscrições | Organização | Fotos
  Top